A impressão 3D oferece cada vez mais funcionalidades e aplicações abrindo portas para o futuro da engenharia e não só. De facto, muitos projetos não seriam possíveis sem a ajuda desta tecnologia.

Mas quais são essas aplicações e em que áreas demonstram a sua utilidade?

Vamos ver que as aplicações da impressão 3D nas empresas, que apesar de ser uma tecnologia que teve um rápido crescimento devido à sua aplicação à prototipagem rápida, desenvolveu-se muito rapidamente, oferecendo à indústria importantes benefícios como a redução da utilização de certos materiais, redução de custos de desenvolvimento e um aumento da velocidade de produção.

Produção de protótipos

Uma das ferramentas da indústria de maior importância no desenvolvimento de novos produtos é a prototipagem. Com ela, os modelos físicos são criados num curto espaço de tempo dando assim às empresas a possibilidade de transformar ideias em realidade, com a possibilidade de testar e melhorar o produto final.

Geralmente, a prototipagem requer correções e ajustes contínuos tornando por vezes este processo moroso. Utilizando a impressão 3D, o tempo de desenvolvimento e o custo das peças são significativamente mais baixos, sendo possível realizar vários testes ao mesmo tempo e ao mesmo modelo tornando o processo de validação muito mais rápido.

Além disso, com a impressão 3D, poderá utilizar materiais com características muito semelhantes às peças finais, possibilitando assim a realização de testes funcionais. A impressão 3D torna-se assim num método muito prático para fabricar protótipos, reduzindo o tempo de processo de validação.

Peças de suporte à produção – Ferramentaria

Através da impressão 3D, pode imprimir ferramentas especificas que ajudam as equipas de produção nas suas tarefas diárias, aumentando a sua eficiência. Por exemplo, essas ferramentas podem ser usadas na calibração de máquinas, para produção de gabaritos, guias de montagem ou simplesmente para o armazenamento otimizado de acessórios.

Peças personalizadas

A produção de peças personalizadas pode ser feita diretamente através da impressão 3D e aplicada à produção de peças de reposição. Por norma, essas peças têm um custo de produção bastante baixo devido ao custo da matéria prima. Satisfaz perfeitamente a necessidade de substituir peças de reposição que por exemplo foram descontinuadas ou simplesmente não existem no mercado.

Impressão de peças finais

Propriedades como a resistência mecânica e a fiabilidade das peças impressas em 3D são comparáveis às da produção tradicional. Além disso, com materiais cada vez mais eficientes, a impressão 3D está a entrar no desenvolvimento de modelos com recursos específicos, como por exemplo a robustez.

Portanto, a impressão 3D pode ser utilizada para produção de peças finais. De facto, muitas empresas usam esta tecnologia como única ferramenta para produção de alguns modelos.

Teste a qualidade das impressoras da ZORTRAX.

Peça uma amostra grátis