HASCO revoluciona moldes de injeção com impressão 3D

Início » HASCO revoluciona moldes de injeção com impressão 3D

HASCO imprime em 3D insertos de moldes de injeção com a tecnologia de impressão 3D da Stratasys em PolyJet numa questão de horas e com baixos custos.

Projetar, testar e produzir moldes de injeção, agora é muito mais fácil com impressão 3D da Stratasys. Moldes de injeção impressos em três dimensões baixam os custos, aumentam a performance no projeto de moldes e nos ensaios de injeção. O Novo sistema para moldes de injeção Hasco K3500 K3500 da Hasco aplica a tecnologia Stratasys para moldes impressos em 3D, permitindo aos moldistas injectarem baixos volumes de peças, como protótipos ou pequenas séries de forma rentável.

A HASCO imprime em 3D postiços com o material ultra resistente Digital ABS da Stratasys usando a impressora 3D Objet Connex 500. Esta solução permite aos modeladores ter uma resposta rápida às alterações do produto, ou do molde com um custo muito mais baixo comparativamente como os processos tradicionais.

“Com ciclos de time-to-market mais curtos do que nunca e as quantidades de produção a cair, os nossos clientes estão agora à procura de soluções que lhes permitam entregar protótipos rapidamente de forma rentável “, diz Dirk Paulmann, Vice-presidente executivo, vendas e desenvolvimento de negócios da HASCO. “Comparando com o método convencional por metal ou alumínio, a nosso nova abordagem oferece aos modeladores flexibilidade para uma rápida produção e substituição de postiços, tornando-os muito mais produtivos e rentáveis. Combinando a nossa herança de longa data no fabrico de moldes com experiência pioneira da Stratasys em impressão de moldes 3D, junta-se o ‘melhor de dois mundos’ no futuro da prototipagem e dos moldes para baixos volumes de produção.”

Tampões de vedação da HASCO produzidos em POM (Polioximetileno) usando impressoras 3D da Stratasys para moldes de injeção.

Abordagem única posta à prova

Quando a Hasco produziu o tampão para a chapa standard A8001, identificou que as paredes em ABS dos tampões iriam necessitar de 12mm de espessura para selar um grande número de furações. Dada esta geometria, era claro que estes componentes não podiam ser produzidos por um processo de moldes de injeção convencional. Com o nível de complexidade disponível na impressão 3D PolyJet da Stratasys, a Hasco redesenhou o tampão com a espessura de parede reduzida e imprimiu o novo postiço do molde com as devidas alterações, de forma a testar a integridade e o design antes da produção em massa.

Exemplo de insertos da HASCO, produzido na Objet500 Connex 3D, num molde de injeção e montados num sistema de troca rápida de moldes K3500.

“A velocidade do processo é incrível” explica Paulmann. “Usando a nossa impressora 3D Objet500 Connex, produzimos partes da cavidade em PolyJet – como postiços e movimentos – em apenas seis horas, comparado com as 24 horas que estavam previstas. Depois de serem testados, ficámos encantados com o resultado, os primeiros tampões produzidos foram aplicados numa chapa, em tempo recorde.”

Através dos testes da Hasco em produtos standard, juntamente com a capacidade de impressão 3D da Stratasys, o projeto provou que é possível implementar esta solução rápida através de uma tecnologia inovadora, no âmbito do processo de injeção.

Nadav Sella, diretor de Manufacturing Tools Vertical Business Unit, Stratasys, conclui: “Estamos muito contentes com esta colaboração que tem feito avançar o processo nos moldes de de injeção de plástico, com ganhos de eficiência muitas vezes alcançados pelos próprios modeladores. Vemos nesta área de aplicação um grande potencial, e iremos continuar a trabalhar com parceiros como a HASCO para ampliar ainda mais os benefícios da produção aditiva na indústria moldes.”

2017-03-23T17:47:18+00:00Set 30, 2015 @ 9:50|
Subscreva a nossa Newsletter
Não perca as últimas notícias, tutoriais, webinares e muito mais!
Subscrever
Pode cancelar a subscrição a qualquer momento.
close-link