Impressão 3D – Comprar ou subcontratar, prós e contras.

Início » Impressão 3D – Comprar ou subcontratar, prós e contras.

A impressão 3D está a tornar-se numa tecnologia essencial nas empresas. Ajuda-as a validar projetos, realizar testes funcionais e levar produtos para o mercado mais rapidamente. Os protótipos impressos em 3D são ideais para comunicar conceitos, resultando em produtos de melhor qualidade. Os executivos raramente precisam ser convencidos dos benefícios – mas muitos continuam a subcontratar os seus projetos de impressão 3D; especialmente quando se trata da produção final da peça.

O porquê da subcontratação?

A subcontratação significa não investir em máquinas e formação. Também elimina o risco de erros na produção de protótipos funcionais ou peças finais. As PMEs, por norma, não têm poder financeiro para fazer investimentos avultados na impressão 3D, a subcontratação dá acesso a pessoal especializado, o que resulta numa melhor eficiência e eficácia do produto final.

Uma solução alternativa

Os modelos e protótipos são cruciais na fase de design, e as empresas querem formas mais rápidas e eficazes de desenvolver a parte conceptual do produto. A subcontratação permite-lhes que usem a tecnologia sem fazer um grande investimento inicial.

As impressoras 3d desktop oferecem uma ótima alternativa sem exigir um grande esforço financeiro. Fornecem excelentes resultados finais e outros benefícios tais como: baixos custos, lead times mais rápidos, mais interação com os clientes e maior escalabilidade. São fáceis de operar e a curva de aprendizagem é muito rápida, resultando numa maior capacidade de produção. Um maior números de equipas e departamentos podem fazer uso da tecnologia tornando a impressão 3D transversal dentro da organização.

Quais as opções?

Depende da finalidade e da aplicação, as empresas têm 3 opções quando se trata da impressão 3D: subcontratação, imprimir na própria empresa com recurso a máquinas industriais, ou investir efetivamente numa impressora 3D desktop.

Em baixo iremos analisar os prós e contras de cada uma das opções.

Subcontratação

Subcontratar é uma boa opção quando se procura qualidade excecional, pequenas quantidades e alta complexidade dos produtos. É a escolha certa se necessitar apenas de 5 ou 6 peças por mês, especialmente se as peças forem grandes ou necessitarem de materiais específicos.

No entanto, tenha atenção, esta opção torna-se mais lenta e mais cara. É certo que terá um especialista a executar o processo sem riscos associados em termos de longo prazo. No entanto, o preço por hora ou por projeto geralmente é substancialmente maior do que a alocação de um funcionário da empresa.

Prós

  • Acesso a um maior leque de tecnologias, tais como SLA, FFF, SLS, etc;

  • Acesso a um maior número de materiais diferentes;

  • Conhecimento especializado sobre as tecnologias e materiais, assim como das suas limitações;

  • Não é necessário um investimento inicial.

Contras

  • Custo por peça é significativamente maior;

  • Processo lento – pode demorar semanas em vez de dias;

  • Todas as etapas do processo serão mais lentas. Desde o contato inicial com fornecedores, pesquisas por bons reviews acerca do fornecedor do serviço, fazer o pedido, transmitir as especificações, etc;

  • Pequenas alterações podem demorar muito tempo e por norma ficam dispendiosas;

  • Poderá não existir disponibilidade imediata para executar o projeto.

Impressora 3D industrial/profissional

Impressoras industriais são ideais se produzir grandes séries e apenas se justifica uma aquisição deste tipo de máquina se se justificar um uso frequente. Por norma os investimentos são avultados e é sempre necessário algum tempo de formação que poderá ter alguns custos associados.

Prós

  • Disponibilidade de uma ampla gama de materiais de alto desempenho;

  • Quando implementada, o seu uso torna-se mais rápido do que fazer um pedido a terceiros;

  • Se imprimir grandes quantidades, os custos serão facilmente dissolvidos.

Contras

  • Investimento inicial significativo;

  • Será necessário alocar espaço na empresa. Os grandes sistemas de impressão 3D industriais requerem mais de 30m2 de área útil, sistemas de eletricidade industriais (HVAC), estações de acabamento, estações de limpeza, entre outros;

  • Inadequado para pequenas séries de impressão – o custo por peça é significativamente mais caro do outro tipo de impressoras.

Impressora Desktop

As impressoras 3D desktop são perfeitas para prototipagem rápida. Se necessita de fazer pequenos testes funcionais ou de ergonomia ou mesmo produzir pequenas séries, a aquisição de uma impressora desktop é ideal. Muitas empresas optam primeiro por esta alternativa, porque sentem a necessidade de primeiro fazer pequenos testes para depois partirem para um investimento maior.

Zortrax M200 Plus Desktop

Prós

  • Opção mais económica. Um protótipo subcontratado pode custar centenas de euros (para modelos complexos). Em média, a impressão interna custa cerca de um décimo ou menos.

  • Tempo de resposta mais rápido. A subcontratação pode levar semanas a ser concluída. Uma impressora interna produz um protótipo em questão de horas, eliminando semanas de desenvolvimento. Assim, os produtos podem ser colocados no mercado com maior rapidez;

  • Grande flexibilidade – pequenos ajustes terão um custo bastante menor.

  • Não existe o risco de fugas de informação – se tudo for feito dentro da empresa todos os dados do produto estão em segurança;

  • Controlo total do design – sempre que existir uma não conformidade facilmente se pode ajustar alguma configuração de impressão;

  • Não é necessário alocar um espaço específico e de grandes dimensões – uma impressora desktop pode ser colocada dentro de um escritório ao lado da sua secretária;

  • Investimento inicial é bastante reduzido – por cerca de 2000€ pode adquirir uma impressora 3D Desktop de alta qualidade.

Contras

  • A grande maioria das impressoras desktop são tecnicamente limitadas na impressão de materiais de alto desempenho;

  • Volume de impressão – por norma, este tipo de impressora apenas permite imprimir peças pequenas;

  • Não estão preparadas para impressão em massa.

2018-10-19T16:16:38+00:00Out 17, 2018 @ 15:35|
Subscreva a nossa Newsletter
Não perca as últimas notícias, tutoriais, webinares e muito mais!
Subscrever
Pode cancelar a subscrição a qualquer momento.
close-link