A tua cara é o teu passaporte

Início » A tua cara é o teu passaporte

Vai ser possível fazer check-in num hotel ou alugar um carro apenas com o reconhecimento facial

A Vision-Box, parceira TCA, vai estrear em Cascais um sistema de reconhecimento facial que permite, olhando para apenas para uma câmara, fazer um o registo num hotel, alugar um carro ou uma bicicleta.

Já é possível em aeroportos de todo o mundo, passar pela segurança e controlo de passageiros apenas com o reconhecimento facial sem a necessidade de mostrar documentos de identificação. O novo projeto da Vision-Box passa por expandir essa tecnologia para as cidades e tirar partido da plataforma de reconhecimento facial e Cascais vai ser umas das primeiras cidades a experimentar este novo modelo nos próximos quatro ou cinco anos, revelou o vice-presidente de vendas e marketing da Vision-Box, Jean-François Lennon, na Fundação Champalimaud, na décima edição da conferência da eID.

Vision Box Gates

Também no passado mês de setembro, a empresa portuguesa ganhou um concurso público internacional para a modernização do aeroporto internacional Kempegowda, no sul da Índia. A tecnologia de reconhecimento facial, vai permitir aos passageiros uma experiência sem documentos ou paragens desde o momento do check-in até ao embarque.

Recorrendo a tecnologia biométrica, mais especificamente de reconhecimento facial que consegue identificar os passageiros em movimento, vai permitir evitar paragens e a apresentação repetitiva de documentos de identificação e cartões de embarque.

O contrato foi adjudicado por “vários milhões de euros” na sequência do concurso público internacional, avançou ao Expresso Pedro Pinto, diretor da operação da Vision-Box na Índia. A primeira etapa de implementação ficará terminada no primeiro trimestre de 2019, tendo como primeiros utilizadores os passageiros da Jet Airways, Air Asia e SpiceJet.

“A tua cara é o teu passaporte”, resumiu em comunicado o presidente da BIAL, Hari Marar. “A tecnologia biométrica de última geração da Vision-Box, aliada à sua plataforma de fluxo de passageiros, permitirá um percurso contínuo para os nossos passageiros sem obstáculos, filas de espera ou incómodos, desde o momento do check-in até ao embarque.”

Pedro Pinto afirma ainda que “fomos a primeira empresa do mundo a testar esta tecnologia na ilha de Aruba, dependência autónoma do reino dos Países Baixos”. Este mesmo sistema já está a ser implementado no aeroporto de Amesterdão-Schiphol, o primeiro aeroporto europeu a ter uma solução deste tipo. Existem outros projetos-piloto a serem testados no Dubai e em Sydney.

Com soluções em 150 países espalhados pelos cinco continentes e cinco mil unidades de gestão de identidade a nível mundial, a Vision-Box já implantou projetos em mais de 80 aeroportos internacionais, por onde passam cerca de 700 milhões de passageiros por ano. A empresa portuguesa parceira TCA emprega atualmente 400 trabalhadores e quer alcançar uma faturação de 100 milhões de euros em 2020.

A TCA tem trabalhado nestes últimos anos em parceria com a Vision-Box, com o sistema de ciclo de vida do produto, o PTC Windchill, de forma a poderem desenvolver os seus produtos, e levá-los além fronteiras.

For privacy reasons YouTube needs your permission to be loaded. For more details, please see our Termos e Condições e Política de Privacidade.
I Accept
2018-10-25T15:38:55+00:00Out 25, 2018 @ 15:38|
Subscreva a nossa Newsletter
Não perca as últimas notícias, tutoriais, webinares e muito mais!
Subscrever
Pode cancelar a subscrição a qualquer momento.
close-link